terça-feira, 10 de setembro de 2013

TAG- Meus 10 livros favoritos

Fui indicada pela Natália Castilho do blog Garota Alternativa para responder a TAG: “Meus 10 livros favoritos”. Bem, vamos lá.
         

As Regras da Tag são:
Citar o nome dos 10 livros que mais gostou.
Indicar 10 blogs para fazer o mesmo.
Avisar os indicados.
Citar a pessoa que o indicou.
1°- Steven Tyler: O barulho na minha cabeça te incomoda?



"Havia um vazio no coração cheio de acne do pantanoso terreno da adolescência e estávamos determinados a preenchê-lo. Éramos o que havia de mais verdadeiro- Hard rock, música para chacoalhar a bunda e letras obscenas... Vivi de acordo com o manual dos antigos astros do rock: Um tanto de patifaria com aparência de Dândi."
Bom no livro Steven Tyler fala de toda sua vida, para quem gosta da banda ou do cantor vai gostar muito do livro. Apesar de ser grande o livro não chega a ser cansativo, muito pelo contrário ele é bem gostoso de se ler. Bom, pelo menos ele foi pra mim.

2°- O mundo secreto de Johnny Depp.



Biografia feita por Nigel Goodall, ela fala sobre a vida do ator ao longo da carreira desde a série Anjos da Lei até seus papeis que consolidaram seu lugar no alto escalão de Hollywood. ótimo livro, conta realmente coisas que eu nunca saberia do Johnny se não lesse.

3°- Come as you are: A história do Nirvana. 



Esse é sem duvida o livro mais detalhado do grupo desde o começo de seu sucesso, ele conta com detalhes o que aconteceu com a banda, toda a frustração, a confusão e paixão das melodias, é um ótimo livro para quem sempre quis saber mais sobre a banda.

4°- Eu sou 
Ozzy.




Esse livro é um que não podia faltar na lista de ninguém, ele é realmente magnifico, o modo como é contado, as palavras usadas, você consegue rir e se emocionar ao mesmo tempo. Esse é um daqueles livros que eu recomendo para todo mundo MESMO.

5°- Antologia poética de Carlos Drummond de Andrade.


"O que se desatou num só momento não cabe no infinito, e é fuga e vento."
Bom, poesia não é algo que todos se interessam, já eu, acho magnifica a forma como as palavras são usadas, o amor que é passado a cada verso, ou até mesmo a falta dele. E é exatamente isso o que esse livro passa para o leitor, a delicadeza, a força das palavras...


6°- 80 anos de poesia de Mario Quintana.




"Minha morte nasceu quando eu nasci.
Despertou, balbuciou, cresceu comigo...
E dançamos de roda ao luar amigo
Na pequenina rua em que vivi."
Ah, as palavras de Mario Quintana, fazem até a morte parecer algo agradável aos olhos, toda a delicadeza, o modo como as palavras são postas em suas poesias, tudo isso me encanta em Mario Quintana. Esse é realmente um livro para você relaxar e esquecer do mundo, passe uma boa tarde lendo esse livro e  você vai se sentir revigorada.

7°- O pequeno Príncipe.





Esse é o livro que não pode faltar na estante de ninguém, é um livro pequeno e fácil de ler, ele devolve a infância que lhe faltava, te faz abrir a mente para coisas novas, é simplesmente mágico.
"Tu Julgarás a ti mesmo - respondeu o rei.- É o mais difícil. É bem mais difícil julgar a si mesmo que julgar os outros. Se consegues fazer um bom julgamento de ti, és um verdadeiro sábio."

8°- Marley e eu.




Um livro para você se emocionar muito. Para quem gosta de ler o livro vai se sair bem melhor do que o filme, são ótimas horas de leitura bem gastas.

9°- Antologia poética de Vinicius de Moraes



Como falar de poesia e não falar de Vinicius Moraes. "Eu deixarei que morra em mim o desejo de amar os teus olhos que são doces." Essa é a primeira frase da poesia Ausência, e ela foi o suficiente para eu querer devorar esse livro, Vinicius toca a alma da gente com suas poesias e esse livro é tudo o que precisamos para uma tarde fria e chuvosa.

10°-O primo Basílio.


E pra terminar vou deixar aqui para vocês um livro que eu ainda estou lendo mas que já causou vários indícios de ser um ótimo livro, ele se passa no século XIX, e ele é meio difícil de ser lido, mas ele é realmente um bom livro, ele já se trata do Realismo e naturalismo no romantismo então já saímos da parte de que alguém morreria para ter a pessoa amada e entramos na traição, na infelicidade de um casal, coisas do tipo.

Bom é isso pessoal, espero que tenham gostado. Dos livros que mencionei, quase todos são fáceis de encontrar, muito deles eu ganhei na escola, mas acho que tenha em livrarias de sua cidade e bancas, são realmente clássicos então é pra ter.

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Felicidades da vida.

Desde a minha infância nunca acreditei que são pequenas coisas que nos fazem sentir bem. Se são pequenas são porque não tem importância e coisas que não são importantes não nos trazem felicidade. Acredito sim que pequenos momentos nos tornem mais felizes, mas esses pequenos momentos são impulsionados por grandes coisas. Nunca acreditei também em palavras confortantes, elas sempre vem depois de uma grande decepção e se você já caiu não foram as palavras que confortaram sua queda e sim você mesmo. Não acredito em regras ou pessoas que me digam como viver minha vida, até porque, regras mudam e pessoas também.
Então porque essa insistência das pessoas em continuar a tentar a me falar o que é melhor ou pior para mim? Eu não sou uma boa influência para ninguém e não quero ser... Eu só quero ser eu mesma, mas, isso parece ser tão errado aos olhos da sociedade. Sabe, eu não quero ter uma vida normal como a de todos, eu quero mesmo é viajar até me cansar, quero dançar/cantar com uma musica feliz sem que ninguém me olhe como se eu fosse uma louca, quero contar uma piada boba para os outros só para ver eles sorrindo, quero ir em algum lugar calmo as vezes só para gritar, pular ou chorar por me sentir acumulada com meus problemas, quero ter um lugar para escrever, quero fugir de reuniões chatas de família e fazer algo legal, eu quero ser famosa por algo bacana que eu faça, quero pular em shows que nem uma louca e quero ter alguém que me acompanhe nisso tudo, independente se for um homem, uma mulher ou um animal. Ou seja tudo o que eu quero é o que todo mundo quer mas não tem coragem de admitir, tudo o que eu faço é tentar encontrar a felicidade em tudo o que faço, mesmo que para isso eu tenha que passar por cima de algumas coisas, mesmo que eu magoe algumas pessoas mas é que esse é o jeito mais fácil de você não se abater porque ninguém nunca vai pensar em você de verdade, é uma estratégia de defesa humana, magoamos para não sermos magoados e isso realmente funciona as vezes. E se eu precisar usar para ser feliz, eu vou.
A verdade de toda essa baboseira é, realmente não levamos nada da vida, uma hora vamos morrer e ai acabou pra gente, mas, eu ainda sim vou querer que pessoas se lembrem de mim pelo que eu fui, pelo modo que vivi minha vida, pelo o que eu fiz e pela minha felicidade.
 Não sou eterna, mas, o que eu puder fazer para ser lembrada, eu vou.

domingo, 23 de junho de 2013

Aviso de férias.

Gente, vou dar um recado super rápido, como chegaram minhas férias e eu não irei postar muito por conta disso, sei que geralmente é nas férias que as pessoas postam mais e tal, só que minhas férias geralmente são muito agitadas, mas vou tentar dar meu máximo, e postar o tanto que eu conseguir.
Boas férias, Amanda.

terça-feira, 18 de junho de 2013

Hora de mudar.


Estou refazendo esse texto por não ter achado ele tão bom assim, não vou mudar o tema dele vou apenas acrescentar coisas, me desculpo desde já pelo palavreado...
Vamos começar falando da saúde...  Porra! A MELHOR em saúde??? Por favor alguém me traga o Reinaldo na minha casa pra ele me levar nesse lugar, porque deve ser novo  e acessado só pelos chefões de Indaiatuba, porque até agora eu não vi melhoras nos hospitais públicos. "Nossa Amanda como você é ingrata, ele fez um HAOC novo, como você reclama." Mas agora me fala de que adianta um hospital "novo" se continua a mesma merda lá dentro? Você vai no hospital só por que as cadeiras são mais confortáveis? Não sei vocês mas eu vi pessoas esperarem por horas nesse hospital novo, com dor, com crianças doente, pais ou familiares doentes e tinham apenas dois médicos atendendo, médicos que mal olham no seu rosto para te atender porque tem milhares de pacientes esperando lá fora, médicos incompetentes, minha irmã ficou seis horas lá dentro para fazer exames de suspeita de dengue, e a droga da enfermeira esqueceu de fazer duas porras de exames, minha avó esta em uma cadeira de rodas  por anos e o senhor Reinaldo Nogueira prometeu uma cadeira nova para ela, porque essa esta quase parando de tão velha e pequena, só que vai fazer um ano já e nada dessa cadeira chegar, e por Deus FALTA REMÉDIOS, os remédios da minha avó são caros para ficar comprando todo mês, então temos que pegar na farmácia do povo (acho que é isso), porque não somos ricos e pagamos um IPTU, caro pra caralho todo o ano, pra faltar as coisas?? Essa cidade tem muito habitante e todos pagamos um IPTU absurdo não era pra faltar NADA na cidade... E agora eu pergunto pra você, CADÊ A MELHOR EM SAÚDE??
Educação, estou no segundo ano do colegial, e é desesperador você entrar em salas com 45 alunos ou mais por falta de classes, por falta de professores, por falta de escolas... Meus professores muitas vezes usam a apostila só para o governo ter certeza de que estamos fazendo as lições que eles pedem, ou para quando a diretora de ensino vir saber que estamos fazendo tudo certinho e ter a certeza de que as escolas estão em "maravilhoso ensinamento", e isso me irrita tanto, porque eu não sei se essa mulher realmente vem, mas quando vem ela passa por cima de tudo que esta errado na droga da escola, parece que ela não liga realmente no que esta acontecendo dentro da escola, ela só esta interessada em notas e eu nunca vi uma diretora de ensino andar pelos corredores da escola enquanto os alunos estavam ali, algumas vezes a diretora vem e fala que ela esta na escola, para fazermos silêncio, mas ninguém nunca viu a maldita andando pela escola. Por fim, é desesperador ver um aluno que esta na mesma sala que você falar que quer ser jogador de futebol, mesmo sabendo o que acontece em volta dele, mesmo sabendo que nossos hospitais estão sem médicos e  nossas escolas sem professores.
Por que eu falo apenas da saúde e da educação? Porque eu acredito que uma pessoa com sabedoria e saúde pode conseguir tudo de melhor em sua vida. Não vou falar de fé, porque muitos não acreditam, acho bonito mas pra falar a verdade nunca vi a fé alimentar ninguém... Desculpa se você se sentiu ofendido mas, eu tenho fé sim, mas tenho fé no povo, sei que conseguiremos algo e isso renova a minha fé e minha esperança.
Por fim, é sim por vinte centavos, sempre foi e sempre será, mas também é por mais, é pela nossa dignidade que foi tomada aos poucos, é pela nossa vontade de lutar contra tudo e todos que entrarem em nossos caminhos a partir de agora, é pelo simples sentimento de fazer diferente, de gritar mais que nossos pulmões pelos nossos direitos, é também pelo nosso 53 milhões que desapareceu. Paramos de brincar e agora queremos ter orgulho de falar que a nossa cidade é a melhor em saúde, e não sentir vergonha disso.
Então no dia 20 vamos fazer melhor, vistam sua melhor roupa, deixe seus desentendimentos de lado com as pessoas que vão estar lá, desliguem suas televisões, vamos viver a realidade, mostrar para o senhor Reinaldo Nogueira que Indaiatuba não precisa dele, que seu lindo "reinado" acabou, vamos nos juntar e gritar o mais alto que conseguirmos e mudarmos com as nossas próprias mãos as palhaçadas que aqui acontecem.  
Porque Indaiatuba finalmente acordou e agora vai fazer muito barulho.

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Família êêê família há, Família ♫♥

Uma vez me perguntaram o que me fazia sentir bem, e eu me lembro que não demorei para responder porque sempre soube o que era, e até hoje é minha família, nada no mundo me abala perto dela...
Minha família nunca foi comportada, nem quietinha, a gente sempre tem que fazer uma festa nem que seja apenas um encontro de família só pra rir bastante e matar a saudade, claro sempre tem discussões (em algumas festas), mas sempre acabamos rindo, não que somos retardados (modo de falar) que só riem, mas é tudo tão gostoso que acabamos sempre sorrindo. Eu acho que família é a fonte de toda sua segurança, não importa o quanto você se afaste dela, sempre que precisar ela vai estar ali pra te proteger e te alegrar, não sei a de vocês mas a minha é assim, sempre foi e sempre será.
Irei falar um pouco de algumas pessoas que valem a pena ser lembradas como:
Meus primos, todos CHATOS, me irritam sempre, um é mais folgado que o outro, e isso não vai mudar nunca, eu tenho um primo que SEMPRE meche no meu nariz, é tipo um imã. Uma outra prima minha sempre me bate por eu ser mais alta que ela, não me desgrudo de duas primas minhas que sem elas quase nada tem graça, os outros são primos normais que me chamam de velha agora u.u
Meus tios, um mais lindo que o outro, e fim. Estão sempre nos mimando, uma das minhas tias ama morder bochechas, não importa quem seja ela vai pedir pra morder e eu sempre deixo, tenho duas tias pequenas que parecem aquelas bonequinhas que você pendura em retrovisor de carro, são tão fofas, eu tenho uma tia que dança que nem pipoca, pulando, amo meus tios muito...
Poderia falar de todo mundo mais vai ficar enorme e eu já vou apanhar de muita gente, obrigada KKK.
Bom é isso galerinha essa é a minha família, não vou revelar tudo, só o suficiente pois não temos mais vagas u.u
PS: Meus pais e minha irmã deixarei para falar outro dia deles se não vocês choram, porque é muito amor u-u



terça-feira, 11 de junho de 2013

Minha opinião sobre: Funk

Não vou falar mal, porque infelizmente pessoas extremamente inteligentes gostam, eu particularmente não gosto MESMO, do funk carioca, não vou falar de todos, porque quem aqui nunca cantou "éguinha pocotó", "Malha Funk", "Cerol na mão", enfim, são coisas que fazem parte da minha infância, eu dançava, cantava e era feliz,  porém criaram o FUNK CARIOCA, olha que graça, musicas que pessoas cantam livremente por ai, com seus carros e seus sons altos por todos os lados, na frente de casas, praças, lugares em que são frequentados por famílias, muitas vezes crianças acabam escutando essas coisas, e isso não é legal, porque como você explicar pro seu filho algumas letras de funk? Algumas palavras que são ditas em um funk? Eu sinceramente não sei como explicar, e a criança por ser curiosa ela vai perguntar, eu não tenho filhos, mas tenho primos, convivo com crianças, e inevitavelmente com os funkeiros.
Mas não é só pelas crianças que digo isso não, é por tudo, pois quando estou com alguém e chega ou passa algum funkeiro com o som alto do meu lado, eu sinto vergonha, não de deles, mas por eles, vergonha de saber que eles se orgulham de cantar essas coisas, de baixo calão, de saber que meninas dançam isso como se fosse a coisa mais bacana de todos os tempos, isso me faz sentir vergonha...
Na verdade eu não sei o que é pior, Alguém fazer musicas assim, ou pessoas COMPRAREM, sério o que passa na cabeça de vocês quando compram? Satisfação? Alegria?  Ou melhor, por que vocês compram? Porque um cara diz que come todo mundo, e isso faz vocês se sentirem o comedor também? Porque menininhas iludidas vão se esfregar em vocês e só? Isso é ridículo cara... Repense seus conceitos, não é porque você escuta funk que você vai comer todo mundo, assim como eu jogo banco imobiliário e não estou rica até hoje.
Mas de boa, vocês gostam, ta ok, continuem ouvindo se isso aumenta o ego de vocês, só que baixo por favor, ninguém é obrigado a ficar escutando também campeão ;)  

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Vamos pular a parte da adolescência por favor?

O maravilhoso mundo da adole... Não pera, aonde que eu não enxergo?
Não é revolta, eu juro, é só tristeza,e isso já exclui o maravilhoso. As vezes acho que reclamo demais da minha vida, dai vou na casa de meus amigos e descubro que reclamo muito pouco.
Eu particularmente tenho uma vida ótima, sou uma boa aluna, tenho quase tudo que quero, meus pais, minha irma e boa parte da minha família me aceita do jeito que eu sou, tenho bons amigos, um bom gosto musical e isso eu classifico PARA MIM como uma vida boa, maaaas, não chega a ser maravilhosa, tem toda a parte das dificuldades, dos problemas que eu arranjo e tal...  
E as vezes como todo adolescente eu preciso ter um momento de revolta, só que por eu ter uma vida boa, pessoas não entendem muito bem isso, e isso me deixa mais puta ainda. Vou explicar uma coisa pra vocês, eu engulo muita coisa calada, coisa que eu prefiro nem discutir pra não me estressar, coisas que geralmente fazem comigo por saberem que eu não vou fazer nada, parece bobo não é? As vezes eu penso em explodir e falar mesmo, mas a verdade é, se eu falar as coisas que cada pessoa faz pra mim, eu acabo magoando muita gente e não é isso que eu quero, gosto de sofrer calada, me ajuda a crescer, a separar o que é bom do que é ruim na minha vida, me ajuda a tomar decisões certas, as vezes tudo que eu preciso é de algumas horas deitada apenas pensando, sozinha, e depois eu escrevo um pouco e minha vida volta ao "normal", as vezes eu preciso de uma musica alta, ou até mesmo gritar, não gosto de descontar nos outros, mas as vezes acontece e eu não consigo me controlar, eu falo, xingo, grito, perco a razão, mas não volto atras... Então, tentem ver mais o lado de outras pessoas também, não é sempre que elas estão bem, elas não vão sorrir todo dia pra você, e vão ser grossas quando preciso, o que me faz mudar o tema da adolescência, pois pessoas formadas também são assim, só que por elas serem mais velhas e as vezes acharem que são mais sábias, que conhecem tudo, elas acabam não entendendo o nosso lado, e isso nem sempre é bom.